Neuremotion

Neuromarketing

Considerado chave para entendimento dos processos de decisão de compra, o Neuromarketing é a união das estratégias de marketing com o conhecimento científico sobre o funcionamento do cérebro humano. Ele busca compreender a lógica do consumo através da interpretação dos desejos, impulsos e motivações causados por estímulos externos.

Estas técnicas sobrepõem até mesmo pesquisas conscientes, sujeitas a um viés social e cognitivo, e, com isso, demonstram claramente como o consumidor interpreta inconscientemente sua propensão com relação a um produto ou marca, sendo então usado para criação de campanhas, pré-testes e desenvolvimento de novos produtos.

Conteúdos abordados

Aborda-se as questões neurofisiológicas que influenciam o comportamento e tomada de decisões, com particular recorte para as relações de consumo. Tem-se como objetivo explorar as variáveis comuns que determinam o comportamento humano, adequando-as em função do produto, serviço ou indústria de sua empresa.

  1. Processos Atencionais

  2. Processamento cognitivo e emocional

  3. Estímulos sensoriais e interpretação das emoções

  4. Ativação dos sentidos em ações de marketing e comunicação

  5. Arquétipos comportamentais

  6. Gatilhos mentais
Tenho interesse

Líder do tema

JC Rodrigues: Mestre em Comportamento do Consumidor (ESPM), com MBA em Gestão de Marketing Digital (ESPM), Pós-graduado em e-Business & Tecnologia Internet (UFRJ), Pós-graduando em Neurociência & Psicologia aplicada (Univ. Mackenzie), com Extensão em Gamification (PUC) e graduação em Propaganda e Marketing (ESPM); tem mais de 20 anos de experiência no mercado digital / interativo, 7 dos quais como Diretor de Produtos e Experiências Digitais na The Walt Disney Company Brasil e América Latina. Também é professor de temas ligados à Marketing e Negócios Digitais na ESPM, Faculdade Cásper Líbero e Business School São Paulo, além de mentor do programa de Digital Marketing da Springboard (EUA). É especialista em marketing e negócios digitais, storytelling, impacto da tecnologia no comportamento humano e autor de 4 livros sobre comportamento humano e tecnologia.